Tamy Itsumo Otome ~[Hiatus]~: Maio 2009

Blog melhor visualizado pelo fire fox.

Caso não tenha recomendo baixar

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Doujinshi Sesshoumaru e Rin: Página 07







O que é Kodomo?

Turma da Monica jovem

Kodomo (que em japonês significa criança), é um gênero de animê ou mangá voltado para o público infantil, porém mesmo assim agradando a um público em geral. Kodomo entra no conceito popular de historias em quadrinhos no Brasil. turma da Mônica, revistas disney como Zé carioca e Tio Patinhas, luluzinha, menino maluquinhoe o sitio do picapau amarelo são revistas em quadrinhos que seriam consideradas kodomo manga no japão. (O proprio Mauricio de sousa criador da turma da Mônica disse que se inspirou nos quadrinhos de Osamu Tezuka)

Game Pictures, Images and Photos

Assim como todos os mangas os kodomos são lançados em revistas mistas e depois seus titulos encadernados em coletanias de historias como os mangas lançados no Brasil. Em geral os mangas Kodomo possuem muitas atividades, cheias de paginas para colorir, labirintos e joguinhos. Também possuem verdadeiros catalogos de animês e brinquedos em paginas coloridas. Os kodomo possuem uma qualidade muito superior aos outros Mangas e sempre são acompanhados de brindes como adesivos, brinquedos de papel para se recortar e montar, cupons de desconto para compra de brinquedos e ingressos para o cinema. Os kodomos possuem um elevado interesse comercial, principalmente por empresas de brinquedos, por isso existem mangas voltados apenas para historias com personagens de alguma fabrica de brinquedos ou empresa de videogames.

hinata Pictures, Images and Photos

As principais caracteristicas dos Kodomo são: Historias fechadas ou com arcos muito curtos, pois crianças pequenas tem dificuldade para acompanhar historias seriadas. Argumentos com situações absurdas e surrealistas. Desenho e narrativa simples, sem muitas sangrias e reticulas. Muitos dos estilos dos Kodomas tendem a fugir do padrão "olhos grandes" que os ocidentais associam aos mangas e animes. Devido as diferenças culturais muitos kodomos são censurados ou barrados no ocidente devido a presença de nudez e sangue. A cultura japonesa não relaciona nudez a sexualidade pincipalmente quando se trata de crianças e o sangue considera que se faz parte do cotidiano das crianças, ja que crianças tem a tendencia de se machucarem e sangrarem. Da mesma forma que é comum nas historias infantis ocidentais os personagens terem galos gigantescos e grandes inchaços devido a machucados para efeito comico, nas historias japonesas existem verdadeiros banhos de sangue de simples machucados que logo em seguida são resolvidos com pequenos curativos.

Exemplos de kodomo
astro boy
sailor moon
kirby
pokemon
digimon

An Cafe - Cherry Saku Yuuki (legendado!)

Cultura Japonesa: Lamen

Dinner - 1st Lamen Pictures, Images and Photos

Ramen (ラーメン, らーめん, 拉麺, Ramen?) ou Lámen, é um alimento japonês de origem chinesa composto por filamentos longos de massa alimentícia com ervas e legumes temperados com carne de porco ou peixe de água-doce.

Caldo
Usam-se basicamente a carcaça e asas de frango, e opcionalmente ossos de porco (bisteca, costela etc.). A carcaça e os ossos devem ser pré-fervidos para eliminar um pouco de sangue e eventual gordura (este procedimento é mais preventivo em relação à qualidade de material que está sendo usado. A água quente não deve ser reutilizada). Levar uma panela (de preferencia de ferro, evitando ao máximo o uso de panela de alumínio, por questão de saúde) ao fogo. Acrescentar óleo (soja, milho, girassol, etc.) e aquecer até sair um pouco de fumaça. Adicionar gengibre picado (ou amassado com faca) e pedaços de cebolinha (+ 10 cm de comprimento) amassados com faca e refogá-los. Acrescentar a carcaça de frango e ossos de porco até dourar. Acrescentar água e deixar ferver, inicialmente em fogo forte (+ de 20 min. a meia hora) e depois, em fogo fraco. Folha de louro dá um toque especial ao caldo. É importante não tampar a panela durante todo o preparo de caldo, para mantê-lo transparente, assim como limpar cuidadosamente toda a espuma e gordura que sobe à superfície. Cozinhar até o caldo chegar a 2/3 ou menos do volume inicial (+ 2 horas). Retirar os ossos e a carcaça. Peneirar o caldo, ou filtrá-lo com pano ou gaze. Nunca deixar os ossos e a carcaça dentro do caldo. Acrescentar água somente quando o caldo se tornou demasiado concentrado.

Obs.: Para aqueles que querem evitar ao máximo o uso de óleo, o caldo pode ser preparado sem refogar os ingredientes, levando-os diretamente à água fervente, acrescentando-se um pouco de saquê.

Shiitake seco ou natural, pode ser acrescentado no preparo do caldo básico assim como “pó de peixe seco”, dependendo da criatividade de cada um. Obs.: para aquelas pessoas que têm pouco tempo, o preparo do caldo pode ser abreviado com o uso de carcaça de frango e um cubinho de concentrado de sopa.

Tipos de Caldos
Temperando o caldo Basicamente são três os modos de temperar o caldo de “Ramen”: Sal ou “Shio-Ramen”, molho de soja ou “Shoyu-Ramen” e pasta de soja ou “Misso-Ramen”.

Shio-Ramen
Levar ao fogo o caldo básico, deixar ferver. Acrescentar saquê (caso não tenha sido utilizado no caldo básico), sal (+ 2 colheres de chá para 8 copos de sopa), pimenta do reino em pó, óleo de gergelim, uma pitada de “shoyu” e opcionalmente, “pó de peixe seco” e molho de ostra. O caldo deve estar um pouco “salgado” ao paladar, quando for provado sem o macarrão, isto é, quando ele estiver “delicioso” significa que vai faltar um pouco de sal quando acrescentados outros ingredientes.

Shoyu-Ramen
Levar ao fogo o caldo básico, deixar ferver. Acrescentar “shoyu”, “mirin” ou saquê, sal (muito pouco), pimenta do reino, óleo de gergelim, “pó de peixe seco” e opcionalmente, molho de ostra. A exemplo de “Shio-Ramen”, o caldo deve estar um pouco “salgado” ao paladar.

Misso-Ramen
Levar ao fogo o caldo básico, deixar ferver. Acrescentar o “misso” a gosto, “mirin” ou saquê, “pó de peixe seco”, óleo de gergelim. Opcionalmente, os caldos podem ser acrescidos de alho e/ou cebola refogados, sendo o primeiro, bem dourado, enquanto a segunda deve ser levemente dourada.

Note-se que as ordens de preparo dos ingredientes podem ser alteradas, conforme a preferência. Portanto, quem gosta, por exemplo, de alho, poderá acrescentá-lo já no preparo do caldo básico, assim como a cebola, o shiitake, etc.

Outros Ingredientes
Outros ingredientes A seguir citaremos algumas sugestões de ingredientes para “Ramen”, lembrando-se que o mesmo pode ser “personalizado” conforme o gosto e preferência pessoal, sendo praticamente ilimitada a sua variedade: “Tyashu-Ramen” (Ramen acompanhado de lombo), “Yasai-Ramen” (Ramen com verduras e legumes), “Ebi-Ramen” (Ramen de camarão), “Kani-Ramen” (Ramen de caranguejo), “Gyoza-Ramen”, Ramen de frutos do mar, etc., etc..

Tyashu
Um dos mais tradicionais acompanhamentos de Ramen, o lombo, pode ser preparado basicamente de duas maneiras: Cozido: menos enjoativo que o lombo assado, o lombo (600g) é inicialmente amarrado com linha grossa ou barbante, com + 5cm de diâmetro. Corta-se uma cebolinha grossa, de preferência a parte branca, de uns 15 cm, amassando-a com a faca. Amassa-se também, um pedaço de gengibre (1 x 2 x 0.2 cm aprox.). Ferver água numa panela e acrescentar o lombo, cebolinha, gengibre, sal ( uma colher de chá) e saquê ou “mirin” (uma colher de sopa). Retirar toda a espuma que se forma na superfície e deixar cozinhando por meia hora. Espetar um espeto de bambu e aguardar se daquele furo não sai um caldo avermelhado; se isto ocorrer, é sinal de que o lombo ainda está cru por dentro. Quando a peça parar de “sangrar”, o lombo está pronto para o consumo. O mesmo procedimento pode ser feito para uma peça de carne bovina. Neste caso, um pouco de “sangramento” pode ser ignorado. Assado: pode ser feito no forno, ou numa panela de tamanho médio. Para se evitar um odor forte de lombo, sugere-se deixá-lo descansando durante uma hora com um pouco de sal e “mirin”. A exemplo de lombo cozido, a peça deve ser amarrada com uma linha grossa ou barbante. Preparar também cebolinha (de preferência a parte branca) e gengibre amassados com faca. Colocar na panela ou tacho chinês, três colheres de óleo comum, acrescentar, após fervura do óleo, os três ingredientes acima citados. Para 600g de lombo, preparar um tempero com “shoyu” (3 colheres de sopa), açúcar (2 colheres de chá), saquê (1 colher de sopa), óleo de gergelim (1 colher de chá), água (1 copo) e maizena (1 colher de chá). Pode-se utilizar “mirin” no lugar de saquê, diminuindo um pouco o açúcar. Em ambos os casos, o lombo deve ser fatiado em pedaços bem finos. “Menma” ou broto de bambu - ambos devem ser bem lavados tirando-se o sal. Aquecer óleo numa frigideira, e acrescentar a seguir: 250 g de “menma” ou broto de bambu cortado em tiras de 5 x 0,5cm aprox. e temperar com o caldo básico (1 copo) , “shoyu” (4 colheres de sopa), açúcar (1 colher de sopa) e óleo de gergelim (3 colheres de sopa), refogando-os até eliminar o líquido em fogo médio.

Espinafre japonês - as verduras em geral (espinafre, brócoli, etc.) dão um toque colorido ao Ramen, ao mesmo tempo em que tornam o prato mais balanceado em termos nutritivos. Um maço de espinafre japonês deve ser bem lavado. Aquecer óleo (3 colheres de sopa) numa frigideira, acrescentar a seguir o espinafre para ser refogado. Adicionar sal (1 colher de chá) e um copo de água. Abafar com uma tampa e deixar cozinhar por 1 a 2 minutos. O espinafre deve ser enxuto para o uso.

Moyashi
Moyashi deve ser, de preferencia, limpo, isto é, sem o broto amarelo e o “rabinho”, e mergulhado por poucos segundos (para não perder a rigidez) numa panela com água fervente. O mesmo procedimento vale para “shimeji” e “shiitake” naturais.

Lula, camarão, frango, etc. A lula deve ser cortado em pedaços de aproximadamente 3 x 3cm, aplicando-se aos mesmos, cortes quadriculados de 2 x 2mm numa das faces. Ferver com pouco sal. O camarão grande deve ser descascado, mantendo-se o rabo e, limpo, tirando-se o intestino. O camarão pequeno deve ser totalmente descascado, sem rabo. Ambos podem ser refogados com pouco sal durante pouco tempo, para que não encolha e endureça. O frango (peito, sobrecoxa, coxa) pode ser temperado a exemplo do lombo assado. O caranguejo deve ser cozido com casca, e descascado, utilizando-se, de preferência, as patas que tem boa concentração de carne. Refogar com sal, pouco açúcar, óleo de gergelim e saquê. O “gyoza” deve ser cozido por alguns minutos na água fervente ou no próprio caldo de Ramen. Os ovos cozidos de galinha ou codorna dão um toque especial ao Ramen. O ovo de galinha deve ser servido cortado ao meio (meio ovo para cada prato). Ervilhas e “shungiku” podem ser preparados a exemplo de espinafre e acrescentar o verde ao prato.

Cebolinha picada é quase imprescindível em qualquer Ramen, assim como “kamaboko”.

Grãos de milho cozidos combinam muito bem, principalmente com o “Misso-Ramen”. Na ausência de lombo ou frango, podem ser acrescentados uns pedaços de presunto... Vários são os temperos opcionais que podem ser acrescentados ao Ramen na hora de ser servido: Gergelim branco, torrado. Gengibre picado ou ralado. “Tobanjan” - tempero chinês a base de missô e pimenta. Pimenta vermelha picada. Alho torrado ou cru, picado ou ralado.

Para “Missô-Ramen” experimente acrescentar um pouco de nabo ralado. Para melhorar a aparência do prato, coloca-se cada ingrediente sobre o macarrão separadamente, por ordem de tamanho maior para menor, acrescentando por último um punhado de cebolinha picada.

Obs.: para todos os pratos, o caldo deve ser sempre abundante. Para “Shio-Ramen” e “Shoyu-Ramen” costuma-se jogar uma pitada de pimenta do reino em pó antes de servir.

Souma Kisa

Kisa Sohma Pictures, Images and Photos

Sohma Kisa
Uma garota linda e ainda nova pertencente ao grupo dos possuidos.É do signo do tigre. Passou por vários problemas devido à cor de seu cabelo e olhos — bullying — por causa de Akito que não queria vê-la perto de Hiro, e por causa de seu mãe,que havia se tornado extremamente protetora.Tohru a ajudou, tornando-as melhores amigas, para o desgosto de Hiro, que possui muito ciúme da relação das duas.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Fruits Basket: Episódio 12 - Dia dos Namorados



Caso queira assistir ao episódio 11 ou 13, vá ao link abaixo:

Episódio 11

Episódio 13

domingo, 10 de maio de 2009

Mangá Shoujo: Dakishimete Noir

Dakishimete Noir

Origem: Citrus-Ego


Duração: 1 volume


Autor(a): Yukako Iisaka


Gênero: Shoujo/Romance/Drama


Origem: Anime Kawaii

Sinopse: Suzu é uma garota especial, ela pode saber o que os animais estão sentindo. Um dia quando estava voltando para casa, ela encontra um gato preto muito ferido, ela o leva para casa e cuida dos seus ferimentos, mas quando acorda no outro dia...PUM! O que está deitado ao seu lado não é um gato, e sim um cara sexy e...PELADO!

Baixe o mangá completo!

Capítulo 01
Capítulo 02
Capítulo 03
Capítulo 04
Capítulo 05
Capítulo 06

Doujinshi Sesshoumaru e Rin: Página 06


O que é Seinen?

Man Pictures, Images and Photos

Seinen (青年, Seinen?) que significa "homem jovem" no Japão, e é a definição dada aos mangas e animes voltados para o público masculino entre os 20 a 40 anos. No Japão as revistas de histórias em quadrinhos (mangas) possuem diversos estilos e gêneros, que depois são relançadas em coletâneas como os mangas lançados por aqui. Por isso, essas revistas são classificadas pelo público-alvo. Assim, revistas para meninas são chamadas de shōjo, para meninos são chamadas de shōnen, para mulheres são chamadas de josei e para homens Seinen. Claro que existem revistas especializadas em determinados gêneros, como ficção cientifica, esportes, humor e até alguns fetiches sexuais, como revistas só com histórias voltadas para o sadomasoquismo. Famosas revistas Seinen são: Young Jump,Young Animal, Ultra Jump, Afternoon, and Big Comic

Hot Anime Man Pictures, Images and Photos

Vale a pena lembrar que o conceito de "maduro" para sociedade japonesa é bem diferente da nossa. Quadrinhos como Hokuto no Ken que no Japão foi lançado como infanto-juvenil, recebem uma censura de 18 anos por conter cenas de nudez e violência. Apesar de até pouco tempo no Brasil tal material ser considerado "censura-livre", devido ao crescimento da censura muitos mangas tem sido lançados com "recomendações" muito acima das dadas no Japão. Quadrinhos como Love Hina e Bleach que no Japão são voltados para cianças de todas as idades receberem "recomendação para maiores de 16 anos."

dark boy Pictures, Images and Photos

A grande diferença entre Shonen e Seinen esta nos temas e no conteúdo maduro. Algumas histórias de Seinen possuem personagens em idade típica de Shonen, como personagens em idade escolar, mas os temas são mais maduros, geralmente contendo sexo e violência, que não são adequados em revistas infanto-juvenis. Os personagens dos Seinen geralmente estão em torno dos 20 aos 40 anos e passam por problemas típicos de sua faixa etária, tendo muitas histórias se aprofundando em temas como negócios e política - que podem ser maçantes para os jovens - passando até por complexas histórias de ficção científica que exigem conhecimento universitário para se compreender. Outra característica considerada madura está na escrita. Os mangas seinen usam Kanjis de nível universitário.

kurosagi2 Pictures, Images and Photos

Outra característica dos Seinen é a liberdade das histórias, pois não existem restrições, pode se colocar cenas explícitas de sexo em histórias seinen sem que sejam consideradas pornográficas (Dois exemplos são Love Junkies e Gantz, lançados no Brasil). Não existe a pressão para a criação de produtos como brinquedos e jogos de videogame. Não que isso impeça quadrinhos de Seinen terem desenhos animados de sucesso e suas linhas de brinquedos e jogos de videogame). Os Seinen no Japão são tão populares quanto os shonen, apesar de terem poucos títulos conhecidos no Ocidente. O sucesso dos Shojos e Shonens que são passados para animes se reflete nos jdrama. Como muitas historias Seinen são realistas se prefere a transposição para filmes, seriados, mini-séries e novelas com atores reais. Oldboy, um filme coreano de muita repercussão, foi baseado em um manga seinen.

saint seiya Pictures, Images and Photos

Uma curiosidade entre os Seinen é o fato recente de antigas séries de Shonen como Cavaleiros do Zodíaco terem suas continuações em revistas Seinen, destinando-se ao mesmo público que lia a revista 15 ou 20 anos atrás.

Lista de mangás/animes seinen:

Afro Samurai
Ah! Megami-sama
Berserk
Blood+
Ice Project
Maria Holic
NHK ni Youkoso!
XxxHolic
You're Under Arrest
Uzumaki

Siam Shade - 1999

Lendas Japonesas - Issunboshi

chibi anime boy bandage Pictures, Images and Photos
Há muito tempo atrás vivam um casal...
Eles formavam um par perfeito, mas apesar do Amor que sentiam um pelo outro, faltava-lhes um filho...
Certo dia, foram a um templo e oraram: Nós agradecemos pela nossa Felicidade e pelo nosso grande Amor, mas falta-nos um filho para que a nossa Felicidade seja completa!!! Por favor, ajude-nos... Precisamos de um filho, uma criatura bem pequenina para que possamos dividir o nosso Amor e Carinho!!!
Pouco tempo depois, sua esposa engravidou e tiveram um lindo menino... Mas estranhamente, ele
nasceu com apenas 3 cm...
Isso não importa!!! O Importante é que agora nossa Felicidade está completa!!! - dizia o casal. Vamos chamá-lo de Issunboshi.
O tempo passou e o pequeno garoto não crescia nem um centímetro sequer. Um dia, Issun disse aos pais que desejava ir até a cidade e conseguir muito dinheiro, para que pudesse dar uma vida mais digna à eles. Seus pais ficaram preocupados, mas aceitaram seu pedido, afinal apesar do tamanho, já era maior de idade.
Para ajudar o filho, pegaram uma agulha de costura, para servir-lhe de espada. A tigela de arroz, serviria como um barquinho e o par de palitos, serviria de remos.
Issunboshi foi até a margem do rio, montou em sua tigela e partiu...
Chegando a cidade, andou de um lado para o outro, desviando-se das pessoas, tomando cuidado para não ser esmagado por elas. Andou por muitas horas, até que encontrou uma mansão e resolveu pedir emprego ao proprietário. Então Issun aproximou-se e gritou: Por favor senhor, preciso lhe falar...
O homem olhou para a porta e não viu ninguém... De repente, ouviu novamente a voz: Senhor, eu estou aqui em baixo... em cima do tamanco!!!
O homem então, pegou Issunboshi e colocou-o na palma de sua mão para que pudesse enxergar melhor
o pequeno rapaz... Issun então lhe disse: Estou aqui a procura de um emprego, por favor, preciso trabalhar para poder ajudar meus pais.
O homem instantaneamente gostou de Issun e sua filha achou-o uma gracinha, então decidiram empregar aquele pequeno rapaz. Issunboshi e a menina tornaram-se grandes amigos e ele ajudava-a em tudo.
Um dia, a menina pediu ao pequeno jovem que a acompanhasse até o templo de Kiyomizu, pois precisava pagar uma promessa... No meio da estrada, depararam-se com dois monstros que impediam seu caminho. Issun foi ao ataque, mas o monstro pegou o pequeno rapaz e... engoliu!!!
Issun então, com sua agulha começou a espetar o
estômago do monstro e ele por sua vez, sentindo muita dor...
Espetou aqui e ali, até que conseguiu sair pela boca do terrível monstro. Então começou a espetar seus olhos, seu nariz e o monstro desmaiou de tanta dor... O outro, com medo saiu correndo,
deixando cair seu martelo.
A menina então correu, pegou o martelo e disse a Issunboshi: Esse é um Martelo Mágico!!! Se você fizer um pedido, ele virá em dobro para você!!! Peça dinheiro, saco de arroz e tudo virá em abundância!!!
Issunboshi então, respondeu: Não desejo ser rico e nem ter abundância de comida... Quero apenas ser grande!!!
A menina sacudiu o martelo e disse: Cresça... Cresça... Cresça!!!
Como num passe de mágica, Issun começou a crescer... crescer... crescer... Issunboshi tornou-se um homem grande, charmoso e muito bonito!!!
Voltou à sua terra natal e pegou seu pais para morarem junto com ele na cidade grande...
Algum tempo depois, Issunboshi e a linda menina casaram-se e viveram Felizes para Sempre!!!

Souma Ayame

Ayame Sohma from Fruit Basket Pictures, Images and Photos

Sohma Ayame
Irmão mais velho de Yuki. Ayame Sohma tem 27 anos e seu animal do Junishi é a serpente. Alfaiate e dono de uma loja de roupas, Ayame é o mais excêntrico e fútil dos Sohmas. Ele tem uma necessidade incrível de exibir-se, talvez porque na verdade ele seja carente do perdão do irmão, Yuki. Admira muito Hatori. Quando jovem ele foi muito frio e não se importou com os sentimentos dos outros e isso criou um abismo entre ele e o irmão, agora mais velho tenta retomar a relaçao fraternal, mas às vezes só piora as coisas.

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Fruits Basket: Episódio 11 - Todo Mundo Ama Chocolate



Caso você queira assistir ao episódio 10 ou 12, vá ao link abaixo:

Episódio 10

Episódio 12

Mangá Shoujo e Oneshot: Reikai Bidan



Origem: CShoujo

Duração: 1 volume

Autor(a): Kayono

Gênero: Shoujo/Romance/Maduro

Site Tradutor: Anime Kawaii

Sinopse: [História 1] -Momoe odeia ter que ir para casa, por isso fica vagando pelas ruas à noite.Mas o que acontece quando ela conhece um homem chamado Chen So que está em uma missão especial?! [História 2] -Frustrada porque seu amigo Yuan não a olha como uma mulher, Ai vai para um clube norturno, e lá ela encontra o que procurava... [História 3] -Asuka com medo de se torna amante de um homem por qual não está apaixona, foge para Kyoto. Lá ela conhece um jovem estudante chamado Takuma, mas parece que para ele Asuka atrai apenas algumas lembranças... [História 4] -Por caua dos mals tratos de seu padrasto, Naoka vai parar no hospital, lá ela se apaixona por um demônio que vive devorando as almas de pessoas mortas.

Baixar:

Capítulo 01

Capítulo 02

Capítulo 03

Capítulo 04 (final)

Doujinshi Sesshoumaru e Rin: Página 05


Josei: Qual a diferença de Josei e Shoujo?



Josei (女性, Josei?) que significa "mulher" em japones, é a definição dada aos mangas e animes normalmente voltados para o publico feminino adulto. No Japão, as revistas de histórias em quadrinhos (mangás) possuem vários estilos e gêneros, que depois são relançadas em coletâneas como os mangás lançados por aqui. Por isso, essas revistas são classificadas de acordo com o público-alvo. Assim revistas para meninas são chamadas de shōjo, para meninos são chamadas de shōnen, para mulheres são chamadas de Josei e para homens Seinen. Naturalmente, também existem revistas especializadas em determinados gêneros, como ficção cientifica, esportes, humor e até alguns fetiches sexuais, com historias voltadas para a o sadomasoquismo, por exemplo. Vale a pena lembrar que o que é considerado "maduro" para sociedade japonesa é bem diferente para nossa sociedade. Quadrinhos como Hokuto no Ken, que no japão foi lançado como infanto-juvenil recebem uma censura de 18 anos por conter cenas de nudez e violência. Apesar de até pouco tempo no Brasil tal material ser considerado como "censura-livre", devido ao crescimento da censura muitos mangás tem sido lançados com "recomendações" muito acima das dadas no Japão. Quadrinhos como Love Hina e Peach Girl, que no Japão são voltados para crianças de todas as idades receberem "recomendação para maiores de 16 anos".



O Josei é um amadurecimento do shōjo. As histórias são geralmente na vida e o cotidiano feminino, mostrados de forma mais realista, enquanto os mangás shōjo (voltado para meninas e adolescentes) apresentam, em especial, romances idealizados. O estilo do traço usado geralmente é mais sóbrio do que o do estilo shojo. Uma vertente crescente é a abordagem da homossexualidade (sendo chamado de yaoi, quando masculino e de yuri, quando feminino) nos ultimos anos, pois a cultura japonesa considera rômantico o amor proibído entre duas pessoas do mesmo sexo. Suas historias tendem a ser menos fantasiosas tanto o shōjo quanto o seinen, sendo que o uso de fantasia e ficção científica é raro nos Josei. Outra característica dos Josei é a liberdade para se criar as histórias, pois não existem restrições. Pode-se colocar cenas explícitas de sexo em histórias Josei sem que sejam consideradas pornográficas (Um tema corriqueiro nas histórias Josei é a abordagem da sexualidade). Também não existe a pressão para a criação de produtos como brinquedos e jogos de videogame, não que isso impeça quadrinhos Josei de terem desenhos animados de sucesso e suas linhas de brinquedos e jogos de videogame, de vez em quando.




Como a maioria dos Josei possuem características mais realistas, suas adaptações em geral são para jdrama em filmes, novelas e seriados de tv com atores reais, sendo muito poucos os Josei transpostos para anime. Ainda não existe uma entrada significativa de Joseis e Seinens no ocidente, sendo que muitos poucos foram lançados e a maioria dos títulos disponiveis são traduções feitas por fãs na internet como: Pet Shop of Horrors, Papa to Kiss in the Dark, Honey and Clover, Gokusen, Nodame Cantabile e Paradise Kiss
Em muitos países,não só no Brasil,o Josei mangá (Para mulheres de 18 a 25 anos) é muitas vezes confundido com o Shoujo Mangá. Não só pelo traço,como pelas histórias é fácil diferenciar os dois gêneros. Mas infelizmente,o Josei mangá não é sempre reconhecido e acaba em muitos lugares à sombra do Shoujo.

Fruits Basket Abertura

Lendas Japonesas: Compra das luvas

Striped gloves Pictures, Images and Photos

(No Japão há a crença que as raposas e os texugos enganam os humanos. Transformam-se em outras coisas ou outros animais e que sabem fazer magia para transformar coisas, especialmente folhas de árvore, em notas ou moedas. Há muitas histórias antigas relacionadas com raposas e texugos.)

Era uma vez, uma mãe raposa e o seu filho que moravam numa floresta. O Inverno já tinha chegado e fazia muito frio lá.
Uma manhã, quando o raposinho estava quase a sair da toca, de repente caiu gritando e voltou-se para a mãe tapando os olhos com as mãos.
- Mãe, ó minha mãe! Fui espetado nos olhos! Foram picados! Tem alguma coisa nos meus olhos! Tira!Tira!
A mãe do raposinho ficou surpreendida e preocupada, tirou as mãos do filho dos olhos e olhou para eles. Mas, não encontrou nada. Estranhou, saiu da toca e compreendeu o que é que tinha acontecido. Lá fora, havia tanta neve e tão
branquinha! Estava a brilhar aos raios do sol. Como o filho não sabia o que era neve, pensou que os seus olhos tinha sido picados pelo brilho. Mas foi simplesmente a forte luz a refletir na neve. A mãe explicou isto e o filho ficou aliviado.
Começou a brincar com a neve. Esta era macia e semelhante ao algodão. Quando ele corria, os flocos de neve espalharam-se e apareceu um arco-íris. A seguir, ele ouviu atrás um grande barulho "Bbzz..." e de repente ele ficou coberto de tanta neve como
se fosse farinha. Espantado, quase caiu mas fugiu para um lugar afastado.
- O que é isto?
Virou-se para trás mas não encontrou nada. Não sabia que era a neve que tinha caído da árvore. A neve continuava a cair ali. Parecia uma linha de seda branca.
Voltou, então, o raposinho para a toca.
- Ó mãe, as minhas mãos estão frias, muito frias!" - disse o raposinho e mostrou as suas mãos
vermelhas e molhadas à mãe.
- Coitadinho!
A mãe deu-lhe um sopro quente e cobriu-as
ligeiramente com as suas mãos quentes.
- Já te vais sentir bem. Depois de mexer na neve, as mãos ficam frias mas aquecem em pouco tempo. Não te preocupes!! - dizendo isto, pensou que era melhor comprar umas luvas para o filho. Não queria que as mãos dele tivessem frieiras e planeou ir às compras à cidade nessa noite.
A noite chegou e começou a cobrir o campo e a floresta, mas a neve estava tão branca que iluminava a floresta. A mãe e o filho saíram da toca mas ela estava com um bocadinho de receio. O filho escondeu-se debaixo da barriga da mãe e começaram a caminhar para a cidade.
O filho estava com muita curiosidade porque era a primeira vez que saía da floresta. Viram uma luz em frente ao longe.
- Ó mãe, está lá uma estrela! - disse o raposinho.
- Não é uma estrela...
A mãe parou com medo no caminho.
- É a luz da cidade.
Quando a viu, ela lembrou-se de uma má experiência. Há algum tempo atrás, ela tinha ido à cidade com uma amiga. Nesse dia, a amiga tentou roubar um pato de uma casa apesar dos pedidos da raposa para que não o fizesse. Um homem descobriu-as e tentou apanhá-las, gritando. A mãe raposa teve muito medo e decidiu que nunca mais ia à cidade.
- Mãe....? Em que é que estás a pensar? Vamos ali agora! - disse o raposinho debaixo da barriga da mãe.
Mas ela não conseguiu avançar com o medo. Então, decidiu mandar o filho sozinho à cidade.
- Ó amor, dá-me a tua mão - disse a mãe. Em seguida pegou numa mão do raposinho, e ela transformou-a numa mão humana de criança. O raposinho olhou estranhamente para ela, abriu-a, fechou-a e cheirou-a repetidas vezes.
- Ó mãe, é estranho. O que é isto? - e olhou outra vez para ela sob o brilho da neve.
- É uma mão de humano. Ouve, amor. Quando fores à cidade, vais encontrar muitas casas de humanos. Primeiro, procura a loja que tem uma placa com um desenho de chapéu. Bata a porta ligeiramente e diz a palavra de cumprimento "Boa noite.". Então, lá dentro está um humano que vai abrir um bocadinho a
porta. Enfia a tua mão de humano no espaço da porta entreaberta e diz que queres umas luvas que fiquem
bem na tua mão. Compreendeste? Não enfies a outra mão - disse a mãe com a cara séria.
- Porquê, mãe? - perguntou o filho.
- Porque os humanos não vão vender umas luvas quando eles souberem que o cliente é um raposo. Além disso, vão apanhar-te e pôr-te numa jaula. Os humanos são realmente muito perigosos e horríveis -
disse a mãe.
- Ah é?
- Nunca mostres a tua mão de raposo. É esta, olha, é esta mão de humano que tens de mostrar! - disse a
mãe dando-lhe 2 moedas de cobre brancas para a mão humana.
O raposinho começou sozinho a caminhar na neve através do campo para a luz da cidade. Apareceu uma luz, depois duas... três... quatro.... e pouco a pouco a luz aumentou e por fim contou dez.
O raposinho pensou que as luzes vermelhas, azuis e amarelas eram como as estrelas. Entrou na cidade, mas já era noite e todas as lojas já estavam fechadas. Só conseguia ver as luzes das janelas altas que refletiam na neve. O raposinho procurou a placa com o desenho de um chapéu e caminhou, caminhou, caminhou.
Havia várias placas tal como de uma bicicleta e de óculos. Algumas eram novas e outras antigas. Ele não compreendeu o que significavam estas placas, pois era a primeira vez que ia à cidade.
Finalmente, encontrou uma placa com o desenho de um chapéu. Era uma placa com uma cartola preta e
grande. Estava iluminada com uma luz azul.
O raposinho bateu levemente à porta como a sua mãe já lhe tinha ensinado.
- Boa noite.
Então lá dentro fez-se algum som e alguém abriu um bocadinho a porta. Uma linha de luz espalhou-se na
terra, na neve branca. O raposinho ficou surpreendido porque esta luz era radiosa, e enganou-se na mão que devia mostrar. Enfiou a mão contrária na porta.
- Venda-me umas luvas que sejam próprias para esta mão.
O dono da chapelaria ficou surpreendido e duvidou. Era a mão de um raposo. Um raposo estava a pedir-lhe para vender umas luvas? Estará a tentar enganar-me? - pensou o dono.
- Primeiro, pague - disse o dono.
O raposinho deu 2 moedas de cobre.
Depois de as receber, o dono tocou nas moedas verificando o material e pensou que eram moedas
verdadeiras. Tirou umas luvas pequenas de lã do armário e passou-as para a mão do raposinho. Dizendo obrigado, o raposinho retomou o caminho de volta.
"A mãe disse que os humanos eram perigosos e horríveis, mas não são. Ele viu a minha mão e não me fez mal nenhum." - pensou o raposinho. E, por curiosidade, quis ver como era "o humano" pois ele ainda não o tinha visto.
Passou perto de uma janela. Ouviu uma voz de humano. Que bonita, que simpática, que generosa é esta voz!
- Dorme, dorme, na minha mama, Dorme, dorme, nos meus braços...
O raposinho acreditou que esta voz era de uma mãe humana porque a sua mãe também cantava para ele
sempre que adormecia...
Depois ouviu uma voz de criança.
- Ó mãe, acho que, esta noite com este frio, os raposinhos na floresta estão a chorar."
Então ouviu a voz da mãe:
- Os raposinhos na floresta também estão na toca a adormecer ouvindo a canção de mãe. Dorme, amor. Quem é que vai adormecer mais rápido? Tu ou o raposinho?"
De repente, o raposinho lembrou-se da sua mãe e correu para a sua casa o mais rapidamente possível.
Tinha muitas saudades da minha mãe. Quero ver a minha mãe!
A mãe do raposinho estava à espera dele, preocupada, tremendo de frio. Quando viu que o seu filho se dirigia a ela, ficou muito alegre e deu-lhe um abraço muito apertado.
A mãe e o filho voltaram para a floresta. A lua já estava iluminando com a sua cor prateada.
- Ó mãe, não tenho medo nenhum dos humanos.
- Sim? Porquê?
- Eu... enganei-me na mão que devia mostrar, mas o dono da chapelaria não me prendeu. E deu-me estas
luvas muito confortáveis.
Dizendo isto, bateu palmas com as luvas. A mãe ficou pasmada e falou para os seus botões.
- Afinal os humanos são simpáticos?! Os humanos são bons?!

Isuzu Souma ou Rin

Rin Sohma = The Horse Pictures, Images and Photos

É uma garota muito bonita, o cavalo do zodíaco, sofreu muito na infância por ter sido rejeitada pelos pais. Seu apelido é Rin porque o último kanji de seu primeiro nome pode ser lido assim. Ela é muito ríspida, mas no fundo uma boa pessoa e como apresentado no volume 14 do mangá deixa Hatsuharu, pois achava que o sentimento que tinha por ele iria sufocá-lo, prendê-lo e então um dia iria se cansar dela e deixá-la para trás e também para que Akito não pudesse machucá-lo, pois Akito jogou-a de cima de um prédio ao descobrir que teve um caso com ele, e assim, não quer mais se envolver com Hatsuharu, mesmo amando-o muito ainda. Akito odeia Rin por motivos claros: ela se envolveu com um dos signos e é muito parecida com uma pessoa que ele odeia. Seu objetivo é dar um fim na maldição que envolve os doze signos, principalmente porque acredita que para achar a verdadeira felicidade de Haru, ele deve estar livre da maldição assim será mais feliz.No começo não gosta de Tohru, mas depois passa a gostar.Isuzu só aparece no mangá.